NOTÍCIAS

Loading...

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Fiquem com Venina, A MUSA DO PETROLÃO, e um Feliz Natal.

Aqui a entrevista completa, ocorrida dentro da Petrobras.


Estamos dando um tempo pra recarregar as baterias. Inclusive as antiaéreas. Recomendo que acessem o site do Fantástico e assistam a entrevista de Venina Velosa da Fonseca, sobre a corrupção autorizada, de amplo conhecimento e com total participação e usufruto de todo o governo do PT.

VENINHA FONSECA - A MUSA DO PETROLÃO




Charge (Foto: Antonio Lucena )
GRAÇA FOSTER - A BRUXA DO PETROLÃO



Resultado de imagem para IMAGENS DE LULA, DILMA E A PETROBRASResultado de imagem para IMAGENS DE LULA, DILMA E A PETROBRASResultado de imagem para IMAGENS DE LULA, DILMA E A PETROBRASResultado de imagem para IMAGENS DE LULA, DILMA E A PETROBRASResultado de imagem para IMAGENS DE LULA, DILMA E A PETROBRAS




Aqui um resumo.

Dilma e a mentira contada mil vezes...



"Eu mesma despedi, três anos antes das investigações, o diretor que confessou para a Justiça a existência de um esquema de desvio de dinheiro na Petrobras".

Esta declaração, fartamente desmentida no Brasil, foi dada por Dilma Rousseff ao jornal El Mercúrio, do Chile. Foi comprovado que Paulo Roberto Costa pediu demissão, em renúncia aceita pelo Conselho de Administração da Petrobras, com menções elogiosas feitas por Guido Mantega, seu presidente, pelos relevantes serviços prestados.  

Eis o texto da ata assinada por Guido Mantega, que comprova a mentira internacional de Dilma:

“O presidente do Conselho de Administração, Guido Mantega, em face da renúncia do diretor de Abastecimento Paulo Roberto Costa, submeteu o nome do senhor José Carlos Cosenza, indicado pela presidente da Petrobras, Maria das Graças Silva Foster, para substituí-lo... Outrossim, determinou o registro dos agradecimentos do colegiado ao diretor que deixa o cargo, pelos relevantes serviços prestados à companhia no desempenho de suas funções”.

Dilma dá aula de economia em Serra sobre Petrobras

Esta senhora quebrou a Petrobras! 

Assistam à entrevista gravada por Dilma Rousseff em 18 de maio de 2009. Naquele momento, a atual presidente da República dirigia o Conselho de Administração da Petrobras. Também era a ministra da Casa Civil, tendo sido figura central para abafar uma CPI que se realizava para apurar diversas denúncias contra a estatal. Naquela oportunidade, também aconteciam fatos importantes no processo fraudulento de aquisição da refinaria de Pasadena. Em abril de 2009, a Câmara Arbitral dos Estados Unidos havia definido que a estatal brasileira estava obrigada a comprar a outra metade da sociedade com os belgas, por ter descumprido, de forma intencional, importantes cláusulas do contrato.  Ficou estabelecido na ocasião o valor de US$ 466 milhões para os papéis, baseando-se no valor de mercado da usina em 1º de julho de 2008. A esse montante foram acrescidos US$ 173 milhões, correspondentes ao reembolso de parte de uma garantia bancária fornecida à companhia pelos sócios, juros, honorários e despesas processuais. Tudo isso foi abafado e escamoteado da opinião pública! Se Dilma não tivesse atuado para abafar a CPI da Petrobras realizada em 2009, muito do que está nas páginas policiais de hoje poderia ter sido evitado. Centenas de milhões de dólares não teriam sido roubados da estatal. Notem, no vídeo, como a presidente do Conselho de Administração, Dilma Rousseff, conhece detalhes da operação da empresa. Sabe de tudo! E mente descaradamente!

Quarto mandato: PT prepara desmonte final e aparelhamento total da máquina pública

.
Florisvaldo Souza, à esquerda, em reunião com André Vargas, agora comanda o aparelhamento e o desmonte da máquina pública, expulsando técnicos e botando companheiros no seu lugar.

Segundo o Estadão, conformado com a perda de espaço no ministério do segundo governo Dilma Rousseff, o PT prepara um avanço sobre os cargos de confiança do governo federal nos Estados e em grandes municípios como forma de reverter pelo menos em parte o prejuízo. A ideia é fazer uma espécie de “recall” dos cerca de 15 mil postos federais fora de Brasília identificando indicações politicamente obsoletas e ocupando os espaços.

Não se trata, no entanto, de ocupar apenas as posições políticas. O PT pretende expurgar os técnicos que ascenderam a postos de maior destaque e que ainda garantem um resto de eficiência para a máquina pública. Vejam a afirmação do Secretário Nacional de Organização do PT, Florisvaldo Souza:

“A ideia é melhorar a representatividade. Às vezes, tem gente lá que não representa mais as forças que compõem a base do governo... Tem lugares em que a pessoa indicada saiu e acabou ficando algum técnico de carreira, sem qualquer compromisso político"

Esta afirmação é extremamente grave e comprova que o PT, neste quarto mandato, parte para o desmonte final da máquina pública. Para o seu mais completo aparelhamento. Se esta máfia acabou com a Petrobras, colocando corruptos em postos chave da estatal, imaginemos o que não farão nos estados, nas chefias do DNIT, nos escritórios da CONAB e outras extensões da estrutura do estado.

Esta declaração do petista Florisvaldo é um alerta para o povo brasileiro. O Estado vai se tornar ainda mais corrupto e perder o que ainda tem de eficiência. No lugar de técnicos, o PT vai colocar mais companheiros. Se a qualidade da saúde, da segurança e dos transportes é péssima e a roubalheira tira do povo escassos recursos, o último passo foi dado: em lugar dos últimos "técnicos de carreira" haverá um "petista de carreira". E a especialidade deles a gente sabe muito bem qual é.

domingo, 21 de dezembro de 2014

LUIZ GONZAGA - CD Completo "RARIDADE"


LUIZ GONZAGA, o Rei do Baião, nunca será esquecido pelos amantes da boa música. Ele foi uma figura ímpar da música brasileira e suas músicas com letras ao seu estilo, descrevendo as coisas do nordeste, as alegrias e o sofrimento do seu povo, com certeza serão ouvidas pelas gerações futuras. Nasci e cresci ouvindo Luiz Gonzaga, lá prás banda de Garanhuns-PE, nos velhos comícios da década de 1960. A verdade é que considero Gonzaga uma lenda, a qual vivenciei com muito orgulho. Só restam lembranças e nada mais!  

Sem mais, ouça uma boa música e recorde um passado cheio de felicidades, muito forró e amor, longe das drogas e da corrupção que estamos vivenciando, com os petralhas no poder. Mas..

 

Peço licença aos senhores

Para minha apresentação

Eu sou lá de Pernambuco

Bem lá do alto sertão

Assim sigo a minha saga

Sou da terra de Gonzaga

O eterno Rei do Baião.



Gonzaga foi mais que artista

Era simplesmente hilário

Do sertão e do nordeste

Ele cantou o cenário

Por isso é sempre lembrado

E por nós homenageado

No ano do seu centenário.



Cem anos se passaram

Desde que Luiz nasceu

Sua arte e sua história

O Brasil já conheceu

Um cara tão criativo

Que ainda permanece Vivo

Pois sua arte não morreu.



Um ser tão especial

Um artista incomparável

Com sua simplicidade

Sempre muito admirável

Cantou nordeste e paixão

Tornou-se o Rei do Baião

E também inigualável.



Finalizo a homenagem

Ao filho de Januário

Um simples Luiz Gonzaga

Um artista tão hilário

Que o Brasil reconhece

E sabemos que merece

Palmas por seu centenário.

sábado, 20 de dezembro de 2014

Ton Oliveira - Paraíba Jóia Rara


Marido "sortudo", da Presidente, faturou R$ 614 milhões da Petrobras.




Colin Vaughan Foster, com seu modelito Yves Saint Laurent que usa quando tenta ir às vias de fato com Graça. Ela se enrola na bandeira do PT, depois recitam mantras marxistas, cantam o hino da Internal Socialista e, ao olharem um no focinho do outro, desistem e vomitam. Aliás, esse é um traje maçônico. 
A maçonaria já foi bem melhor...

Caso Celso Daniel - O surrealismo da Justiça brasileira. É estupefaciente!



Por Reinaldo Azevedo

A esta altura, vocês sabem que o Supremo Tribunal Federal anulou um dos processos relativos à morte do prefeito Celso Daniel, ocorrida em janeiro de 2002: justamente aquele que diz respeito a Sérgio Gomes da Silva, conhecido como “Sérgio Sombra”, que foi considerado o mandante do crime pelo Ministério Público Estadual. Vou expor as razões apresentadas para a anulação e me dispensarei de entrar no mérito se acho Sombra culpado ou inocente. Até porque, vamos convir, não sou Justiça. 

O que lamento aqui é uma mecânica processual — e como estamos atrasados nisso! — que permite que um dos réus de um crime ocorrido em 2002 ainda não tenha sido julgado em 2014 e que, depois de quase 13 anos, o processo seja simplesmente anulado. Vale dizer: a acusação contra Sombra volta ao primeiro estágio, ao da instrução, e será ainda analisada pelo juiz da primeira instância… Mais quantos anos? 13? 15? 20? A eternidade? Para vocês terem uma ideia, será preciso ouvir testemunhas… 

Roberto Podval, advogado de Sombra, recorreu ao Supremo porque afirmou que a defesa não teve a chance de interrogar os outros réus, o que é garantido pela jurisprudência da Corte. E isso é fato. Houve empate na turma: 2 a 2. Os ministros Marco Aurélio e Dias Toffoli foram sensíveis ao pleito da defesa; Cármen Lúcia e Roberto Barroso o recusaram por razões técnicas: acharam que o habeas corpus não era o instrumento adequado. 
arte celso daniel_atualizada em 16.2.2014 (Foto: Arte/ G1)


A decisão vale para Sérgio Sombra apenas. Ocorre que o processo já tem seis acusados cumprindo pena. E agora? O mais provável é que seus respectivos advogados recorram, com base no mesmo fundamento. O que vai acontecer? Ninguém tem a menor ideia. O processo de Sombra voltará à fase de instrução, e não haveria razão para ser diferente com os demais. Digamos que alguém condenado no julgamento anulado seja absolvido em novo julgamento… E a parte da pena que já foi cumprida? 

Uma Justiça que permite esses surrealismos está com graves problemas, não é mesmo?, independentemente de qual seja a nossa convicção a respeito do caso. Aliás, o processo já estava parado no Supremo porque a defesa de Sombra recorrera ao tribunal alegando que o Ministério Público não tem competência para investigar. O relator é o ministro Ricardo Lewandowski, que está sentado sobre o caso há dois anos. Alegada a incompetência do MP, a defesa pedia a anulação do processo também por esse motivo. 

Quer dizer que Lewandowski pode se dispensar de dar agora uma resposta? Acho que não! A eventual anulação do processo contra Sombra por incompetência do MP iria, sim, beneficiar o réu, mas seu alcance é mais geral. O que se vai definir é, afinal, qual é o arco de atribuições do Ministério Público. Se bem se lembram, a tal PEC 37 tentou tornar o poder de investigação exclusivo das polícias. Por outras vias, o tema está dormitando no Supremo. O que Lewandowski espera para tomar uma decisão. Creio que nem Deus saiba. 

Petrobras: "Do pó vieste, ao pó voltarás..."


Profetizada por Obra e Graça de Getúlio Dornellas Vargas, em 1953 a Petrobrás – Petróleo Brasileiro SA., mesmo diante da total falta de certeza de que houvesse o Ouro Negro no Brasil, àquela altura, Pós-segunda Guerra Mundial, Combustível que se mostrou essencial ao Parque Industrial, e à Maquina Bélica das potências que eclodiram do Conflito, das quais o Brasil, Jovem Nação, então Modernizada pelo Isolacionismo de Vargas durante a Guerra, converteria-se em sério “Candidato”, aEmpresa, ora atolada em Escândalos, e quem assiste o Preço das suas Ações virar “Pó”, contou logo, com a pronta fustigação das Gigantes do Setor, ExxonMobil Texaco, diante da notória possibilidade que fosse o Combustível Fóssil, caso encontrado no Brasilmonopolizado, como de fato, pelo Estado brasileiro, ao mesmo tempo em que surgiram apoios, tanto convictos, quanto emblemáticos, à exemplo do Fabulista Monteiro Lobato, do Sitio do Pica-pau Amarelo, outro Visionário, como o próprio Getúlio, Homem muito adiante do seu tempo.
Passariam-se quase Setenta Anos, desde então, até que a Empresa, seguindo Ordem Inversa a Evolução Humana, segundo aCrença, que se tem, de que a Vida Humana surgiu, primeiro no Mar, até que os primeiros Seres Vivos abandonassem as profundezas, e se adaptassem a Vida na Terra Firme, caminho inverso, aliás, que, pioneiramente, seguiu a PetróleoBrasileiro SA, cujo insucesso de descobertas em Solo Continental a levaram a buscar o Recurso no fundo do Solo Marinho, até que no final dos Anos Setenta viessem as primeiras Grandes Descobertas, na Bacia de Campos, ora maior Reserva em exploração da Empresa, fazendo com que se tornasse uma efetiva Conquista, lançando a Estatal ao patamar de Produção de cerca de Dois Milhões de Barris Diários, ”Atestado” Mundial de Eficiência e Produtividade, ao mergulhar em Águas Profundas, como o próximo Pré-sal, nas quais a Shell e as “Irmãs”, por exemplo, , com Petróleo mais fácil nas Arábias eOrientes, ao custo de um simples “Golpe de Estado”, como o que levara o próprio Getúlio ao “Suicídio”, no Brasil, ou graças ao apoio à uma Monarquia Asquerosa, como na Arábia, ou Irã do  Parlev, jamais iriam prospectar, a não ser a Petrobras, premida pela necessidade, e por que não dizer, pelo Nacionalismo, ousou fazer.
Empresa com alcance Global, tendo firmado Joint Venturs em vários Países do Planeta, detentora de Know How invejável, jamais tendo se quedado diante do “Fogo Inimigo”, e das intrigas internacionais, mesmo diante de Governos Entreguistas, como o de Fernando Collor e Henrique Cardoso, que flexibilizaram a “Lei do Petróleo”, por assim dizer, quebrando o Monopólio, no que foram seguidos, noutros moldes, por Lula e Dilma, quem Partilharam o Pré-sal, foi, contudo, justamente o “Fogo Amigo”, a implosão interna dos Valores Éticos, e Morais, com que a Empresa foi Criada, e Desenvolvida, no entanto, que, ora, mediante a Corrupção GeneralizadaSuperfaturamento e Maus Negócios propositais, a titulo de manter no “Poder” um pequeno “Grupo Político”, no caso capitaneado pelo PT – Partido dos Trabalhadores, e a sua Base de Sustentação, no Congresso, e não um Míssil Cruzeiro Tomahawk da Marinha Americana, ou um providencial “Golpe de Estado”, à moda das Repúblicas das Bananas, como o aplicado em Vargas, como era o corriqueiro, anos atrás, que, enfim,torpedeou fatalmente a Empresa, prestes a lança-la na Banca Rota dos Mercados, ou na Solvência penosa do TesouroNacional.
Crime de Lesa Pátria, em que pesem as atuais “Apurações”, no Ministério Público Federal, e Poder Judiciário, enquanto se desenrosca o Novelo, em que aparecem no desfiar da Trama, alguns nomes pessoais, apenas, menos que “Bodes Expiatórios”,Marcos Valérios ou Youssef`s da Vida, Implantados pelo “Poder Político” ora vigente no Brasil, para Operar, e Agir em seu “Nome”, sem nenhuma importância, se não para o próprio “Esquema”, como Duque, Severó e Foster, meros “Bois de Piranha”, tão somente, aparentes beneficiários do Escândalo chamado “Petrolão”, de desvio de verbas na Empresa, certo é que o enredo final, necessariamente, como ambicionaram, passará pela conveniente Expropriação, ou Privatização da Empresa..
Façanha desses, não da “Pobre” Empresa, verdadeiro atentado à Segurança Nacional, enquanto, é o que se imagina, os Visionários, Lobato e Getúlio, devem estar rolando em suas Tumbas Mortuárias, os verdadeiros Bandidos, Vendilhões da Pátria, “Dilmas e Lulas de Plantão”, seguem com o Enterro, rogando-se de Santos ???
Depois, vão falar que o “Petróleo é nosso”, Lema pelo qual nasceu a Empresa,..
Cadeia neles !!!!