NOTÍCIAS

Loading...

terça-feira, 29 de julho de 2014

De onde veio o dinheiro, Dilma?



Ontem a presidente Dilma declarou que tem R$ 152 mil em casa.

Em dinheiro vivo. Em papel moeda. Em espécie.

Como contribuinte, gostaria de saber como é que tanto dinheiro foi parar assim vivinho nas mãos de Dilma.

O seu salário, ao que consta, é depositado em banco, junto com a folha de pagamento dos funcionários públicos federais. Ao que se sabe ela recebe cerca de R$ 20 mil mensais. O dinheiro equivale, assim, a uns sete meses dos seus proventos.

Fico pensando: Dilma vai ao banco e saca em dinheiro vivo para deixar guardado embaixo do colchão?

Emite cheques e manda algum assessor sacar? 

Ou ela mesma busca no caixa eletrônico, à noite, furtivamente, em inúmeras incursões já que o limite para estas operações é de R$ 1 mil?

A declaração de renda da Dilma não informa nenhuma outra fonte de rendimentos que não seja o seu salário. Não há aluguel. Não há herança. Não há participação de lucros em nenhum empreendimento.

Por isso, não só este blogueiro, como grande parte dos brasileiros, está curioso para saber como Dilma amealhou tanto dinheiro vivo e por que guarda todo este numerário em casa, desvalorizando, dando prejuízo, numa decisão totalmente antieconômica, mesmo para uma presidente que não é muito prendada nesta área. 

É muita moeda sonante. E muita bufunfa. É muito cacau. Estes R$ 152 mil  equivalem a 210 salários mínimos ou a 1.974 benefícios da Bolsa Família.

" Nós que é pobre", como declarou Lula, ontem,  não estamos acostumados a ver pessoas sérias e honestas com tanto dinheiro em casa. Normalmente, tanto dindin vivo aparece ligado à corrupção, propina e crimes contra o erário, em operações da Polícia Federal.

Para evitar maledicências, a Dilma poderia apresentar os comprovantes de saques na sua conta bancária totalizando R$ 152 mil. Um extrato simples. Uma relação com datas e valores. Ou qualquer comprovante que demonstre de onde veio toda esta dinheirama. Apenas em nome da transparência pública. Não deve ser difícil para Dilma Rousseff. Afinal de contas, sendo Dilma a presidente da República, tudo deve estar declarado e registrado nos mínimos detalhes.

Poderia, mesmo, abrir a conta dos cartões corporativos, hoje mantidos sob sigilo, já que eles permitem saques em dinheiro e não só o pagamento de despesas. Apenas para não permitir ilações por parte da Oposição maldosa.

A pergunta é simples: de onde veio o dinheiro, Dilma? Mostra pra gente, Dilma. 

Lula atacou manifestantes da abertura da copa e joãozão revidou.



Parabéns Joãozão, falou tudo que o povo brasileiro gostaria de dizer ao maior vigarista que já comandou este país. Estamos juntos nessa luta pela manutenção da democracia. Jamais devemos aceitar a luta entre classes, incentivada por gente centralizadora e controladora, que procura fragilizar a união do povo e assim, encontrar espaço para implantar o socialismo autoritário. 

Palmas para você, João! Lavei minha alma ouvindo suas palavras. Palavras estas que estão nos pensamentos de todos os cidadãos brasileiros de bem e bem informados como você mesmo diz. E eu concordo plenamente com tudo que foi dito. Muito bem colocado. Sua resposta foi magnífica! Parabéns! E muito obrigada por ser um brasileiro corajoso e colocar a boca no trombone. Precisamos multiplicar este tipo de João brasileiro - cheio de amor à Pátria e a seus conterrâneos! Um abraço patriótico para você!

Não foi só a Constituição e o Plano Real contra os quais o PT se insurgiu. O PT era contra praticamente tudo que se tentava fazer para melhorar o País. Apenas para citar o exemplo de mais um marco legal que foi fundamental para a busca do saneamento das finanças públicas da União, Estados e Municípios, tem-se a Lei de Responsabilidade Fiscal. O PT foi totalmente contra também. 

Só no Brasil mesmo, tivemos um ex presidente vagabundo que não trabalhava e vivia nas costas do partido e a atual presidANTA ex- guerrilheira assaltante de banco, e a petralhada como a Marilena Chauí, outra vagabunda de primeira, vem dizer que odeia a classe média, nunca vi tamanha burrice, é muita insanidade mental dessa esquerdalhada toda, aliás, já diz aquela velha frase " raramente uma cabeça esquerdista é normal". E você não é normal nem o seu poste, haja vista não conseguir falar corretamente uma frase sequer

E você brasileiro ordeiro, honesto, sério e trabalhador, extirpe esses canalhas com a sua arma mais poderosa e letal, que é o seu voto. Não tenha medo dos pilantras que estão inquilinos do poder e seus apaninguados que também não trabalham e mamam nas tetas do desgoverno atual. Lembrem-se que eles são sustentados com o seu suor e trabalho e impostos mais altos do mundo. Façam alguma coisa pelo nosso país tão sofrido e humilhado por esse povinho sem ética, sem moral e corrupto. Fora Lula! Fora Dilma! Fora PT!

SÓ PARA LEMBRAR PORQUE NÃO VOTO NO PARTIDO DOS TRABALHADORES:


LISTA de ALGUNS CASOS DE CORRUPÇÃO NO GOVERNO LULA/DILMA 

Se quiser saber detalhes sobre cada um dos casos, é só procurar no google escrevendo o título.

Caso Pinheiro Landim
Caso Celso Daniel
Caso Toninho do PT
Escândalo dos Grampos Contra Políticos da Bahia
Escândalo do Propinoduto (também conhecido como Caso Rodrigo Silveirinha)
CPI do Banestado
Escândalo da Suposta Ligação do PT com o MST
Escândalo da Suposta Ligação do PT com a FARC
Escândalo dos Gastos Públicos dos Ministros
Irregularidades do Fome Zero
Escândalo do DNIT (envolvendo os ministros Anderson Adauto e Sérgio Pimentel)
Escândalo do Ministério do Trabalho
Licitação Para a Compra de Gêneros Básicos
Caso Agnelo Queiroz (O ministro recebeu diárias do COB para os Jogos Panamericanos)
Escândalo do Ministério dos Esportes (Uso da estrutura do ministério para organizar a festa de aniversário do ministro Agnelo Queizoz)
Operação Anaconda
Escândalo dos Gafanhotos (ou Máfia dos Gafanhotos)
Caso José Eduardo Dutra
Escândalo dos Frangos (em Roraima)
Várias Aberturas de Licitações da Presidência da República Para a Compra de Artigos de Luxo
Escândalo da Norospar (Associação Beneficente de Saúde do Noroeste do Paraná)
Expulsão dos Políticos do PT
Escândalo dos Bingos (Primeira grave crise política do governo Lula) (ou Caso Waldomiro Diniz)
Lei de Responsabilidade Fiscal (Recuos do governo federal da LRF)
Escândalo da ONG Ágora
Escândalo dos Corpos (Licitação do Governo Federal para a compra de 750 copos de cristal para vinho, champagne, licor e whisky)
Caso Henrique Meirelles
Caso Luiz Augusto Candiota (Diretor de Política Monetária do BC, é acusado de movimentar as contas no exterior e demitido por não explicar a movimentação)
Caso Cássio Caseb
Caso Kroll
Conselho Federal de Jornalismo
Escândalo dos Vampiros
Escândalo das Fotos de Herzog
Uso dos Ministros dos Assessores em Campanha Eleitoral de 2004
Escândalo do PTB (Oferecimento do PT para ter apoio do PTB em troca de cargos, material de campanha e R$ 150 mil reais a cada deputado)
Caso Antônio Celso Cipriani
Irregularidades na Bolsa-Escola
Caso Flamarion Portela
Irregularidades na Bolsa-Família
Escândalo de Cartões de Crédito Corporativos da Presidência
Irregularidades do Programa Restaurante Popular (Projeto de restaurantes populares beneficia prefeituras administradas pelo PT)
Abuso de Medidas Provisórias no Governo Lula entre 2003 e 2004 (mais de 300)
Escândalo dos Correios (Segunda grave crise política do governo Lula. Também conhecido como Caso Maurício Marinho)
Escândalo do IRB
Escândalo da Novadata
Escândalo da Usina de Itaipu
Escândalo das Furnas
Escândalo do Mensalão (Terceira grave crise política do governo. Também conhecido como Mensalão)
Escândalo do Leão & Leão (República de Ribeirão Preto ou Máfia do Lixo ou Caso Leão & Leão)
Escândalo da Secom
Esquema de Corrupção no Diretório Nacional do PT
Escândalo do Valerioduto
Escândalo do Brasil Telecom (também conhecido como Escândalo do Portugal Telecom ou Escândalo da Itália Telecom)
Escândalo da CPEM
Escândalo da SEBRAE (ou Caso Paulo Okamotto)
Caso Marka/FonteCindam
Escândalo dos Dólares na Cueca
Escândalo do Banco Santos
Escândalo Daniel Dantas – Grupo Opportunity (ou Caso Daniel Dantas)
Escândalo da Interbrazil
Caso Toninho da Barcelona
Escândalo da Gamecorp-Telemar (ou Caso Lulinha)
Caso dos Dólares de Cuba
Doação de Terninhos da Marísia da Silva (esposa do presidente Lula)
Escândalo da Nossa Caixa
Escândalo da Quebra do Sigilo Bancário do Caseiro Francenildo (Quarta grave crise política do governo Lula. Também conhecido como Caso Francenildo Santos Costa)
Escândalo das Cartilhas do PT
Escândalo do Banco BMG (Empréstimos para aposentados)
Escândalo do Proer
Escândalo dos Fundos de Pensão
Escândalo dos Grampos na Abin
Escândalo do Foro de São Paulo
Esquema do Plano Safra Legal (Máfia dos Cupins)
Escândalo do Mensalinho
Escândalo das Vendas de Madeira da Amazônia (ou Escândalo Ministério do Meio Ambiente).
Escândalo de Corrupção dos Ministros no Governo Lula
Crise da Varig
Escândalo das Sanguessugas (Quinta grave crise política do governo Lula. Inicialmente conhecida como Operação Sanguessuga e Escândalo das Ambulâncias)
Escândalo dos Gastos de Combustíveis dos Deputados
CPI da Imigração Ilegal
CPI do Tráfico de Armas
Escândalo da Suposta Ligação do PT com o PCC
Escândalo da Suposta Ligação do PT com o MLST
Operação Confraria
Operação Dominó
Operação Saúva
Escândalo do Vazamento de Informações da Operação Mão-de-Obra
Escândalo dos Funcionários Federais Empregados que não Trabalhavam
Mensalinho nas Prefeituras do Estado de São Paulo
Escândalo dos Grampos no TSE
Escândalo do Dossiê (Sexta grave crise política do governo Lula)
ONG Unitrabalho
Escândalo dos Fiscais do IBAMA do Rio de Janeiro
Escândalo da Renascer em Cristo
Crise no Setor Aérea
Escândalo de Pasadena / Petrobras
E por aí vai….
“O MUNDO ESTARIA A SALVO SE OS HOMENS DE BEM TIVESSEM A MESMA OUSADIA DOS “CANALHAS”.

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Não há limites para quem jamais os teve.

Depois de um período sabático no qual o que efetivamente assusta se faz presente, é hora de voltar a enfrentar os anões que perdem o chão a cada dia que passa. O alvo – surpresa! – é Aécio Neves.
Creio ser este apenas o começo. Desde 2011, o Ministério Público analisa o caso da construção da pista de pouso na fazenda que pertencia a um irmão da avó materna do ex-governador mineiro e sequer convocou alguém para depor. Seria o MP tucano? Foi errado comprar por R$ 1 milhão a terra pela qual o dono exigia R$ 9 milhões – e que foi à Justiça em busca do ressarcimento que considera justo? Ou seja, Aécio pagou 1 em vez de 9. O oposto da refinaria Abreu e Lima e da sucata de Pasadena.
Quando serão publicadas notas ainda mais pesadas e voltadas também para a vida privada do candidato à Presidência? Afinal, não há limites pra quem jamais os teve.
Nós, por aqui, pedimos há mais de um ano que Lula explique ao menos o caso da amante mantida com o NOSSO dinheiro. Mas não ouvimos sequer uma palavra. Há quanto tempo aguardamos esclarecimentos sobre Lulinha, o “ronaldinho das finanças”, alçado do cargo de tratador de elefantes no zoológico para sócio da OI? E Erenice Guerra e família? Esta terna senhora, ex-ministra da Casa Vil, que hoje insiste em ser lobista em Brasília e é atendida pelo governo em suas demandas?
Quantos aeroportos em Cláudio custou a reforma da Base Naval que Dilma Rousseff requisita uma semana por ano para curtir o verão baiano ao lado de parentes? E a parada do AeroDilma em Lisboa para um jantar?
Hipocrisia, seu nome é PT. Que debatam ideias e propostas. Que se faça um balanço da economia em frangalhos, da inflação elevada, da importação de gasolina, do roubo na Petrobras, do Rio São Francisco sem transposição, das ferrovias iniciadas e abandonadas, do legado imaginário da Copa, do Minha Casa, Minha Vida que desaba, dos médicos escravos que recebem 20% do que valem e são proibidos de sair de casa até para conversar com vizinhos, do governo fatiado entre Paulo Maluf, Jader Barbalho, Newton Cardoso, José Sarney, Renan Calheiros e outras ratazanas de menor porte.
Vamos passar o Brasil a limpo amparados em números e DADOS. Vamos discutir o IDH, a nossa colocação no campo educacional, a inexistência de uma política social e o planejamento econômico e industrial. Vamos discutir os aportes financeiros que beneficiaram Cuba e Venezuela com dinheiro público via BNDES enquanto continuamos morrendo nas estradas e arcando com um custo Brasil que impede exportações.
Mas, caso queiram discutir ÉTICA – o que muito me agrada –, estamos prontos. Desde a figura abjeta de Rosemary e seus encantos recompensados com o MEU DINHEIRO, até o Lulinha e seus milhões, passando pelo uso de jatos executivos de empreiteiras para fazer lobby mundo afora. A ética que faz com que Maluf seja endeusado e Sarney, eternizado. Que entrega ministérios a quem não tem competência sequer para ser garçom de botequim, que tem como vice-presidente um André Vargas e como deputado um ex-presidiário que se reúne com integrantes de uma facção criminosa.
Não nos assusta comparar fatos, pessoas, biografias. O que assusta é que, passados quase doze anos, o PT insista em MENTIR e tentar reescrever a história – onde está condenado a figurar como nota de rodapé ou estudo acadêmico sobre ramificações do caudilhismo latino-americano – e finja não enxergar o índice de rejeição de 50% que atinge Dilma Rousseff.
Esse número define nosso futuro. Até lá, precisamos suportar os argumentos infantis e a baba que escorre da boca dos esquerdistas nos bairros nobres das capitais, sonhando com uma boquinha em algum gulag imoral.
E suportaremos. Falta pouco.

Bolsonaro pede desculpas a Israel por destrambelhada, inoportuna, hipócrita e covarde manifestação de Dilma



O polêmico deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) adicionou mais uma pitada de pimenta yiddish à “Guerra de Itarareh” entre os terroristas petralhas e o governo israelense. Já vira festa na internet a nota de apoio enviada no último dia 25 de julho pelo Capitão da reserva Bolsonaro ao Embaixador de Israel no Brasil, Rafael Eldad. A petralhada vai ficar ainda mais PT da vida com Bolsonaro que aproveitou o texto para pedir desculpas ao povo isralense “pela destrambelhada, inoportuna, hipócrita e covarde manifestação do governo brasileiro” contra o governo de Tel Aviv.

As polêmicas palavras de Bolsonaro no texto vão alimentar a batalha que eletriza a “faixa de Gaza virtual”: “A nota bolivariana do Itamarati. Representando a Presidente da República, acusando Israel de agir com desproporcionalidade pode ser comparada a uma condenação de policial que tenha revidado com fuzil 7.62 a ataque de marginais utilizando armas calibre 38. No passado, o Brasil também enfrentou o seu terror quando a esquerda, pelas armas e financiada pelo comunismo, tentou chegar ao poder a à justa reação do Estado está sendo contestada, assim como Israel o está e se defender do Hamas”.

Depois de fazer um histórico do passado de guerrilheira de Dilma Rousseff, o deputado Bolsonaro resume sua ópera: “O atual governo brasileiro ao longo dos últimos 11 anos sempre esteve ao lado do que há de pior no  mundo, como Fidel Castro, Hugo Chavez, Ahmadinejad, Evo Morales, Kim Jong-um, entre outros, na contramão do pacífico, ordeiro e trabalhador povo brasileiro. Reforça tral afirmativa a edição do Decreto 8.243, de 23/05/2014, que anula o Legislativo Brasileiro. Em nome destes é que peço desculpas ao povo israelense pela destrambelhada, inoportuna, hipócrita e covarde manifestação do Governo brasileiro”.

A íntegra da mensagem original de Bolsonaro, que a mídia brasileira preferiu ignorar, pode ser baixada pelo link:http://goo.gl/PIL9bE

domingo, 27 de julho de 2014

O QUE VOCÊ SABE SOBRE OS GENERAIS PRESIDENTES?

HOMENS COM ÉTICA, MORAL, CAPACIDADE, TENACIDADE E PULSOS FORTES
"Os 5 Generais Presidentes - Autor : jornalista CARLOS CHAGAS

"Erros foram praticados durante o regime militar, eram tempos
difíceis. Claro que, no reverso da medalha, foi promovida ampla
modernização das nossas estruturas materiais. Fica para o historiador
do futuro emitir a sentença para aqueles tempos bicudos."

Mas uma evidência salta aos olhos: a honestidade pessoal de cada um!

Quando Castelo Branco morreu num desastre de avião, verificaram os
herdeiros que seu patrimônio limitava-se a um apartamento em Ipanema e
umas poucas ações de empresas públicas e privadas.

Costa e Silva, acometido por um derrame cerebral, recebeu de favor o
privilégio de permanecer até o desenlace no palácio das Laranjeiras,
deixando para a viúva a pensão de marechal e um apartamento em
construção, em Copacabana.

Garrastazu Médici dispunha, como herança de família, de uma fazenda de
gado em Bagé, mas quando adoeceu precisou ser tratado no Hospital da
Aeronáutica, no Galeão.

Ernesto Geisel, antes de assumir a presidência da República, comprou o
Sítio dos Cinamonos, em Teresópolis, que a filha vendeu para poder
manter-se no apartamento de três quartos e sala, no Rio.

João Figueiredo, depois de deixar o poder, não aguentou as despesas do Sítio do Dragão, em Petrópolis, vendendo primeiro os cavalos e depois a propriedade. Sua viúva, recentemente falecida, deixou um apartamento em São Conrado que os filhos agora colocaram à venda, ao que parece em estado de lamentável conservação.

OBS: foi operado no Hospital dos Servidores do Estado, no Rio.

Não é nada, não é nada, mas os cinco generais-presidentes até podem ter cometido erros, mas não se meteram em negócios, não enriqueceram nem receberam benesses de empreiteiras beneficiadas durante seus governos. 
Sequer criaram institutos destinados a preservar seus documentos ou agenciar contratos para consultorias e palestras regiamente remuneradas. 
Bem diferente dos tempos atuais, não é?"

"Outras coisas
Nenhum deles mandou fazer um filme pseudo biográfico, pago com dinheiro público, de auto-exaltação e culto à própria personalidade!

Nenhum deles usou dinheiro público para fazer um parque homenageando a própria mãe.

Nenhum deles usou o hospital Sírio e Libanês.

Nenhum deles comprou avião de luxo no exterior.

Nenhum deles enviou nosso dinheiro para "ajudar" outro país.

Nenhum deles saiu de Brasília, ao fim do mandato, acompanhado por 11 caminhões lotados de toda espécie de móveis e objetos roubados.

Nenhum deles exaltou a ignorância.

Nenhum deles falava errado.

Nenhum deles apareceu embriagado em público.

Nenhum deles se urinou em público.

Nenhum deles passou a apoiar notórios desonestos depois de tê-los chamado de ladrões."




Foto: O QUE VOCÊ SABE SOBRE OS GENERAIS PRESIDENTES?

César

"Os 5 Generais Presidentes - Autor : jornalista CARLOS CHAGAS

"Erros foram praticados durante o regime militar, eram tempos
difíceis. Claro que, no reverso da medalha, foi promovida ampla
modernização das nossas estruturas materiais. Fica para o historiador
do futuro emitir a sentença para aqueles tempos bicudos."
 
Mas uma evidência salta aos olhos: a honestidade pessoal de cada um!
 
 
Quando Castelo Branco morreu num desastre de avião, verificaram os
herdeiros que seu patrimônio limitava-se a um apartamento em Ipanema e
umas poucas ações de empresas públicas e privadas.
 
 
Costa e Silva, acometido por um derrame cerebral, recebeu de favor o
privilégio de permanecer até o desenlace no palácio das Laranjeiras,
deixando para a viúva a pensão de marechal e um apartamento em
construção, em Copacabana.
 
 
Garrastazu Médici dispunha, como herança de família, de uma fazenda de
gado em Bagé, mas quando adoeceu precisou ser tratado no Hospital da
Aeronáutica, no Galeão.
 
 
Ernesto Geisel, antes de assumir a presidência da República, comprou o
Sítio dos Cinamonos, em Teresópolis, que a filha vendeu para poder
manter-se no apartamento de três quartos e sala, no Rio.
 
 
João Figueiredo, depois de deixar o poder, não aguentou as despesas do Sítio do Dragão, em Petrópolis, vendendo primeiro os cavalos e depois a propriedade. Sua viúva, recentemente falecida, deixou um apartamento em São Conrado que os filhos agora colocaram à venda, ao que parece em estado de lamentável conservação.
 
OBS: foi operado no Hospital dos Servidores do Estado, no Rio.
 
 
Não é nada, não é nada, mas os cinco generais-presidentes até podem ter cometido erros, mas não se meteram em negócios, não enriqueceram nem receberam benesses de empreiteiras beneficiadas durante seus governos. 
Sequer criaram institutos destinados a preservar seus documentos ou agenciar contratos para consultorias e palestras regiamente remuneradas.   
Bem diferente dos tempos atuais, não é?"
 
"Outras coisas
 
Nenhum deles mandou fazer um filme pseudo biográfico, pago com dinheiro público, de auto-exaltação e culto à própria personalidade!
 
Nenhum deles usou dinheiro público para fazer um parque homenageando a própria mãe.
 
Nenhum deles usou o hospital Sírio e Libanês.
 
Nenhum deles comprou avião de luxo no exterior.
 
Nenhum deles enviou nosso dinheiro para "ajudar" outro país.
 
Nenhum deles saiu de Brasília, ao fim do mandato, acompanhado por 11 caminhões lotados de toda espécie de móveis e objetos roubados.
 
Nenhum deles exaltou a ignorância.
 
Nenhum deles falava errado.
 
Nenhum deles apareceu embriagado em público.
 
Nenhum deles se urinou em público.
 
Nenhum deles passou a apoiar notórios desonestos depois de tê-los chamado de ladrões."

sábado, 26 de julho de 2014

Milhares de evangélicos oram por Aécio.


O candidato à Presidência da República Aécio Neves (PSDB) esteve, na noite desta sexta-feira, em um encontro de jovens evangélicos da Igreja Sara Nossa Terra, no ginásio de esportes Ibirapuera, em São Paulo. No intervalo entre as apresentações de bandas e cantores gospel, ele subiu ao palco acompanhado do ex-deputado e bispo fundador da igreja, Robson Lemos Rodovalho. O tucano foi apresentado como uma “pessoa conhecida e querida” e recebeu uma oração.

- O senador Aécio Neves passou aqui para que nós orássemos por ele. A bispa Lúcia vai fazer uma oração de fé e amor para que Deus possa abençoar a sua caminhada, trajetória e, especialmente, esta nação, dando homens que tenham a missão de amor e de servir a população brasileira - disse o bispo.

Aécio retribuiu a oração com um breve pronunciamento em que falou da importância de “valores cristãos e da família”. - Me sinto honrado de estar aqui na confraternização de jovens reunidos nos valores cristãos e da família brasileira fundamentais para que possamos construir um futuro de maior generosidade, amor ao próximo e a Deus. Esses são também os meus valores.

É a segunda vez que o tucano participa de um encontro evangélico nesta campanha. No mesmo evento estiveram presentes no dia anterior o governador de São Paulo e candidato à reeleição, Geraldo Alckmin (PSDB), e o candidato a senador José Serra. Neste sábado, Aécio, Alckmin e Serra estarão juntos na capital paulista numa visita ao Memorial do Carandiru. (O Globo)

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Bancos orientam clientes a não reeleger Dilma para não perderem dinheiro.

Reprodução
Para o Santander, que enviou a correspondência acima aos seus clientes, a reeleição de Dilma será uma catástrofe financeira: câmbio desvalorizado, alta de juros, Bolsa caindo, deterioração dos fundamentos macroeconômicos. Se você quer manter o seu dinheiro seguro, ouça o seu banco. Eles sabem das coisas. Dá até medo votar na Dilma. Link permanente da imagem incorporada

Cruz Vermelha pensa em encerrar suas atividades no país por causa de escândalo de desvio de doações. Mais uma vergonha para o Brasil.


desvio de verbas cruz vermelha








Cruz Vermelha pensa em encerrar suas atividades no país por causa de escândalo de desvio de doações. Mais uma vergonha para o Brasil.

   Essa semana foi caótica para a reputação de nosso país. Depois do ministro israelense dizer que o Brasil é insignificante em relação ao cenário político mundial (Veja aqui), surge um novo escândalo de proporções gigantescas, que certamente afetara a reputação do país diante da comunidade internacional. A atual diretoria da Cruz vermelha revelou que doações arrecadadas pela sede brasileira para assistir vítimas de catástrofes ocorridas na Somália, Japão e Região Serrana do Rio foram desviadas de cofres da entidade humanitária. 
Uma auditoria encomendada pela própria entidade, atualmente chefiada por um coronel da reserva, descobriu que doações arrecadadas em pelo menos três campanhas foram desviadas de seus objetivos.  
As campanhas foram para socorrer vítimas de conflitos na Somália, para fornecer ajuda às vítimas do maremoto de 2011 no Japão e das enchentes na região serrana do Rio de Janeiro. Nas duas primeiras campanhas, foram desviados R$ 212 mil, na terceira perto de R$ 1,6 milhão.
instituto humanus ong cruz vermelha desvio
O montante desviado desviada foi parar nos cofres de uma ONG que pertence à Alzira Qirino da Silva, mãe de Anderson Marcelo Choucino, vice-presidente da Cruz Vermelha Brasileira na época em que as doações foram arrecadadas.
Segundo informações divulgadas pelo jornal Impresso Agora São Paulo, o nome da ONG seria Humanus, e pelo que apuramos, o nome correto é instituto Humanus, ou "INSTITUTO INTERAMERICANO DE DESENVOLVIMENTO HUMANO". O instituto em questão foi reconhecido como de utilidade pública em 2011, conforme figura ao lado, extrato do Diário Oficial do Estado do Maranhão.
Outra parcela das doações, R$ 523 mil, foi depositada em fundos de aplicações e, depois, teve destino ainda desconhecido.
O atual diretor da entidade no Brasil, Coronel Paulo Roberto, que é militar da reserva do Exército, vai entregar os relatórios da auditoria para a justiça. As irregularidades detectadas são relacionadas a administração anterior, Paulo Roberto disse ainda que a administração internacional já cogita a possibilidade de encerrar as atividades em nosso país.

SERÁ QUE SOMOS ANÕES SÓ NA DIPLOMACIA?



          
Em recente análise a imprensa e o governo  israelense considerou o Brasil um 'Anão Diplomático' e fez chacota do nosso país, pela posição que tomou a respeito dos conflitos atuais na Faixa de Gaza, considerando desproporcional o poderio bélico existente entre Israel e o Hamas. O Brasil também foi criticado por só apresentar problemas e não soluções para o conflito. 

Por oportuno era melhor que a nossa diplomacia tivesse ficado calada, em vez de pagarmos outro mico de amplitude mundial, além daquele que pagamos recentemente no futebol, a nossa paixão, sendo goleado pela Alemanha e perdendo a copa do mundo dentro de casa, de forma triste e humilhante. 

Só faltaram nos chamar de bananas, que é isso que realmente somos, pela falta de credibilidade em nosso país, vista pelo mundo à fora, em um período negro nunca vivido em nossa história diplomática, que foi tão bem representada no exterior, desde Osvaldo Aranha,  um dos articuladores da criação do estado de Israel.

Incrível se alguém manifestar surpresa quanto a isso, haja vista que o governo brasileiro, representado pela ex-guerrilheira Dilma dos Sete (referência ao 7x1 que a Seleção Brasileira sofreu da Alemanha) é apaixonada pelos ditadores de Cuba, Venezuela, Coréia do Norte e outros facínoras vermelhos, e a sua incompetente equipe de diplomatas, sob a sua orientação, só defende ou fica ao lado de países comunistas, guerrilheiros e terroristas de toda espécie, como é o caso do Hamas.

Aproveitando o ensejo, outro assunto. Quando é que esse governo inoperante, fraco e os políticos idiotas das duas casas, vão parar esses discursos sem conteúdo, vazios e medrosos, batidos por diversas vezes, de denominar o Brasil de “País da Paz” e com isso cortar verbas militares do orçamento, em todos os campos, por que não estamos em guerra ou sob ameaça?

“País Pacífico”. Um País que vive constantemente em guerra, com mais de 50 mil assassinatos por ano, totalizando acima de 600 mil assassinatos, desde que o PT assumiu o poder. Uma verdadeira guerra não convencional, com exterminação de inocentes, pelo descaso dos nossos medíocres governantes.

Não existe uma forma de coibir os mal feitos( linguajar amável da Dilma com os seus heróis mensaleiros e membros da seita petista) e punir os malfeitosos. Tudo corre normalmente ao bel-prazer dos inimigos da lei e ainda são recebidos pelas autoridades com todo respeito, com o fim de selarem acordos temporários e prosseguirem em suas missões criminosas. É um país do faz de conta.

Esse é o país que  não consegue nem defender o próprio território contra ameaças reais no dia-a-dia, orquestradas por baderneiros. Não provém segurança para o seu povo e não cuida do seu próprio galinheiro, deixando o comando das ações para os pintos mais audazes, que pintam e bordam sob a proteção daqueles que estão no poder, em troca de favores e divisão do bolo, advindos da corrupção desenfreada que assola o nosso país.

Como podemos agir e coibir ameaças de países sul-americanos ou outros mais fortes belicamente, se somos fracos e omissos. A desculpa diplomática e mentirosa é que somos pacíficos, não queremos litígios com ninguém. Mentira, temos medo de enfrentar àqueles que nos ofendem, ditam as normas, ferem acordos e se apossam do nosso patrimônio, por serem mais poderosos militarmente.

Mas o governo petralha, corrupto e inoperante, por vinganças, insiste em desvalorizar e humilhar os militares, haja vista, eles os militares, terem impedido a implantação de um regime comunista aos moldes de Cuba, Moscou e outras tiranias, no século passado.

Façamos uma indagação. Quando esse governo corrupto recheado de políticos incompetentes, vão entender que somente com as Forças Armadas bem remuneradas, equipadas, preparadas, modernas, eficientes e poderosas nuclearmente, o nosso país será respeitado, não como coadjuvante, mas como ator no teatro diplomático das maiores potências bélicas do mundo? Aí sim, dessa maneira deixaremos de ser anão diplomático, anão militar e passaremos a competir em igualdade com as gigantes potências econômicas e nucleares do mundo. 

Para que tudo isso aconteça, a "conditio sinequanon" é crescer, crescer e crescer muito em todos os setores. Só assim, sairemos da condição de anões na economia, com uma inflação alta, juros altíssimos e PIB crescendo para trás e para baixo, como rabo de cavalo. 

Por oportuno, com o advento e pé frio do desgoverno petralha no poder, há mais de doze anos, perdemos a hegemonia em todo tipo de esporte - inclusive na última olimpíada realizada foi uma decepção total, culminando com a perda da copa do mundo dentro de casa, de forma mais humilhante possível.

Nunca antes nesse país, como sempre fala o pinguço de Garanhuns, em suas eternas bravatas, vivenciamos um momento ímpar e triste em nosso futebol, apanhando de goleada por 7x1, da competente Alemanha, dentro do nosso terreiro, passando da condição de galo forte para franguinho raquítico. 

Dessa forma, quer queira ou não, somos também anões nos esportes e principalmente no futebol, a nossa eterna paixão. Na Fórmula 1 nem se fala mais após a morte de Ayrton Senna, àquele que alegrava as manhãs dos domingos e levantava o nosso astral. O que exponho é mentira, é enganação ou é verdade?Reflita e não se deixe levar por falsas promessas e enganações daqueles que são atualmente inquilinos do poder e querem permanecer eternamente, por interesses pessoais, dilapidando o nosso patrimônio e afundando cada vez mais o nosso país. 

Não chegaremos lá jamais, ao lado dos que cresceram por competência, inteligência e trabalho árduo, se continuarmos sendo anões na educação, saúde, segurança, tecnologia e além de tudo, protagonistas de um dos IDH menores do planeta, sem perspectivas de melhora.

Necessitamos urgentemente de mudar os timoneiros dessa nau sem rumo, que é o Brasil, senão seremos arrebentados nos abrolhos e não chegaremos a lugar nenhum. E, de posse de uma bússola, tirar um novo azimute, norteando-se em direção a um local que sopre sempre bons ventos, crescimento, ordem, paz e progresso.  Só assim, seremos felizes.


MUDA BRASIL!

quinta-feira, 24 de julho de 2014

CONHEÇA A MENTE DE UM ESQUERDISTA.


Pra começo de conversa, muitos não gostam de estudar. Foram péssimos estudantes, a maioria com várias repetências de ano. Mas são de família de classe média, onde sempre sofreram pressão pra “ser alguém na vida”. Como são preguiçosos, sem disciplina e folgados precisam arrumar um jeitinho pra se dar bem, e se fazerem passar por coisas que não são.
Fingir que é culto, “engajado” e “crítico” rende pontos. Assim prestam vestibular sem concorrência, de preferência em um curso de Geografia, Ciências Sociais, História ou Filosofia e começam sua carreira de charlatanismo.
Ali na universidade encontram todas as ferramentas: professores barbudinhos, livros de esquerda, palestras com “doutores” no assunto e até o assédio de políticos “guerreiros” do PT, do PC do B e assemelhados.
É claro que não estudam nada. Vivem o tempo todo no DCE, deitados no chão, passeando no campus com aquelas mochilas velhas, calças cargo, sandálias de couro, cabelos ensebados e, de vez em quando, um “lolozinho”.
Alguns começam a se infiltrar nos sindicatos e nas reuniões dos sem-terra. Já começam a se achar revolucionários, reserva intelectual das massas proletárias exploradas e das causas revolucionárias.
Assim, se passam por intelectuais, cultos, moderninhos e diferentes. Sentem-se mais seguros para atacar as mulheres, achando que elas são doidas por esse tipo de gente.
Começam a ver os amigos que estão trabalhando ou cursando Engenharia, Medicina, Direito ou Administração como pobres coitados que não tiveram a chance da “iluminação”.
Como não trabalham e vivem apenas da mesada, estão sempre lisos. Aí começa a brotar o ódio por quem se veste um pouco melhor ou tem um carrinho popular. São os eles chamam de “porcos capitalistas” ou “burgueses reacionários”.
Começam uma fase mais aloprada da vida quando passam a ouvir Chico Buarque e músicas andinas. Nessa fase já começam a pensar em se tornar terroristas, lutar ao lado dos norte-coreanos etc. Não usam mais desodorante e a cada 5 minutos aparece nas suas mentes a imagem de um MacDonald’s totalmente destruído.
Mas é claro que o que querem não é a revolução, isso é apenas uma desculpa. Como são incompetentes para quase tudo, até mesmo para bater um prego na parede, e sentem vergonha de fazer trabalhos mais simples, e são arrogantes o suficiente para não começar por baixo, querem saltar etapas. Querem no fundo a coisa que todo esquerdista mais deseja, mesmo que de forma subliminar: um emprego público!
Mas aí surge um outro problema: é a coisa mais difícil passar em um concurso. É preciso estudar (argh!).
Assim, sonham com a “revolução” proletária, com a tomada do poder por uma elite da esquerda, nas quais eles estão incluídos, obviamente, afinal são da mesma tribo.
Assim, ocuparão, por indicação, um cargo comissionado em alguma repartição qualquer, onde ganharão um bom salário para poder aplicar seus “vastos e necessários conhecimentos” adquiridos durante anos na luta pela derrubada do sistema capitalista imundo.
Nessa fase cortarão o cabelo, tomarão banho, usarão terno, passarão a apreciar bons vinhos e restaurantes e, dependendo do cargo, terão até motorista particular. E enfiarão a mão, sem dó, no dinheiro dos cofres do Estado. Claro que pela nobre causa socialista e para o bem dos trabalhadores.
(Autor desconhecido)